Círculo

Mãe e filha unidas pelo crochê

Postado por: Círculo em 11/05/2017 Categorias: Artesanato, Crochê, Cursos e Eventos, Data Comemorativa, Workshop

Enquanto muitas mães ensinam as crianças a crochetar por puro amor ao artesanato, a mãe da artesã Renata Vieira usou a técnica como uma estratégia para fazer com a filha passasse mais tempo em casa. Ela adorava passar horas brincando na pracinha com os amigos, o que deixava a mãe preocupada.

Mãe e filha já produziram várias peças juntas

Mãe e filha já produziram várias peças juntas

“O mais engraçado em dizer que aprendi crochê com minha mãe está no fato de que ela não faz crochê. Ela me ensinou o básico e partir dali meu interesse só aumentou. Lembro que ela se sentia aliviada por eu ficar quieta em casa e longe da pracinha”, conta a artesã, que tem várias lembranças que envolvem a mãe e o crochê. Uma delas, muito marcante, foi de quando elas decidiram sair das correntinhas e partir para o ponto alto, que era muito desafiador para Renata, que tinha apenas 12 anos.

Renata em workshop

Renata demonstra um ponto para aluna durante workshop

A artesã diz que, de certa forma, foi o crochê que a escolheu. Uma tia-avó, que admirava a técnica pediu para que a mãe lhe ensinasse e garantiu que compraria as peças da menina. As linhas e agulhas foram grandes companheiras de Renata. Em momentos difíceis, foi no crochê que ela encontrou alegria. “Quando eu tive que desistir do curso de Medicina Veterinária, fiquei extremamente deprimida, mas o crochê ocupou minha mente e me tirou do sofrimento”, relata. Hoje, ele a terapia virou fonte de renda, de novos aprendizados e amizades. A Círculo também teve sua importância na história de Renata, que afirma que a empresa a valorizou como artesã e lhe deu motivo para realizar um trabalho primoroso e interessante. “A Círculo é um sonho para mim, que se realiza a cada laçada, a cada novelo que abro”, afirma Renata, que faz parte do time de artesão da Círculo.

Renata com alunas em workshop

Renata com as alunos em um dos workshops do Time Círculo

Porém, nada disso teria acontecido se não fossem os ensinamentos básicos da mãe e os muitos momentos que passaram juntas para se dedicarem ao artesanato. “Minha mãe é costureira, então fizemos muitos trabalhos juntas. Eu fazia o crochê e ela o forro. Eu fazia os barrados e ela aplicava nas toalhas. Foram anos assim juntas, uma completando a outra”.

Comentários
Identifique-se nos campos abaixo para fazer o seu comentário, ou então clique no botão ao lado para efetuar seu login e comentar usando a sua conta do clube círculo.
Logar no clube círculo



Marilene Resende Vieira
11/05/2017

Que linda homenagem recebo neste mês das mães.Agradeço a Deus pelo dom da minha filha Renata.Sou costureira e admiro o trabalho maravilhoso que a círculo faz na vida do artesão e digo que o artesanato ,é obra de arte.


Valéria Cristina de Souza Cruz
11/05/2017

Parabéns às mães e a toda família circulo que desempenha um lindo trabalho em artes


Círculo
11/05/2017

Marilene, ficamos muito felizes por poder contar esta linda história de mãe e filha! Nós concordamos com você, artesanato é pura arte!


Ilsa Maria magno
12/05/2017

Seria muito útil p mim fazer parte do clube circulo


Ilsa Maria magno
12/05/2017

Parabéns é gratificante ,saber que existem pessoas como vcs


Jéssica Alves
12/05/2017

Eu tbm sou apaixonada pelo crochê e foi minha mãe que me ensinou quando eu tinha 12 anos :)


política de privacidade - © círculo 2017 - tag