: : : para nossos 80 anos

Blog

12 de maio de 2020

Como fazer tricô: aprenda de vez em 10 passos!

O friozinho já chegou! E com ele, a vontade de tricotar. Quer saber como fazer tricô? Chegou a hora de aprender de vez!

 

Essa técnica, muito famosa no inverno, rende trabalhos lindos e quentinhos, principalmente no universo da moda. No entanto, muitas pessoas não sabem como fazê-lo e acabam desistindo antes mesmo de tentar por acharem que é uma técnica muito difícil.

 

Hoje, você vai ver que o tricô é muito mais fácil do que parece! Conheça essa que tem tudo para ser a sua próxima técnica artesanal favorita.

 

10 passos para fazer tricô

 

Separamos 10 passos básicos de como fazer tricô para quem quer começar a praticar. São dicas básicas e importantes. Siga todas elas!

 

Você vai se encantar e começar a criar arte hoje mesmo com duas agulhas! Preparados? Então, vamos lá!

 

Escolha o fio

 

A escolha do fio é muito importante para os trabalhos em tricô! O material que dará corpo à sua peça será o personagem principal do seu trabalho. Seja pela textura ou pela cor, o fio é que transmitirá sua mensagem repleta de personalidade por aí.

 

Nós sempre falamos aqui no blog que não existem regras quando se trata de artesanato. Você pode usar o fio que quiser para a técnica que quiser, em grande parte das situações. E no tricô, não é diferente.

 

Apesar de ser mais comum em fios acrílicos, aqueles mais quentinhos e volumosos, o tricô também fica lindo em fios de algodão.

 

Na hora de escolher, pense bem em quem irá utilizar a peça, qual é a estação do ano em que você se encontra e em qual região a pessoa que vai utilizar a peça mora. Mais do que bonito, o tricô precisa ser confortável!

 

Para conhecer todos os nossos fios acrílicos, perfeitos para tricô, inclusive os da nova coleção Diferenciados deste ano, confira esse post aqui.

 

Escolha as agulhas

 

Assim como escolher o fio certo, a escola das agulhas é importantíssima para a realização de seus trabalhos.

 

Existem no mercado diversos tipos de agulha, com tamanhos e materiais diferentes, e cabe a você analisar a melhor opção de matéria-prima e numeração para a sua confecção.

 

Não sabe como começar?

 

Temos um post bem legal aqui no blog que fala tudo sobre agulhas de tricô! Além de conhecer os tipos principais: agulhas retas, circulares e auxiliares, você vai entender melhor como relacionar matéria-prima e nível de experiência.

 

Além disso, esse post explica direitinho como adequar o tamanho de sua agulha em relação ao fio que estiver usando. É só clicar aqui.

 

Escolha a receita

 

Depois de escolher o fio e as agulhas certas, chegou uma das partes mais legais no trabalho em tricô: a escolha da receita. Afinal, é aqui que você vai definir qual é a peça que você irá fazer.

 

Em nosso site, existe a possibilidade de você realizar uma busca em um catálogo com mais de 6 mil receitas gratuitas. Chegando lá, você escolhe o fio de sua preferência e terá acesso a várias peças confeccionadas com ele.

 

Mas, o que pode ser mais comum de acontecer, é a escolha da receita ser o seu primeiro passo. Você bate o olho em uma peça, se apaixona, e aí vai atrás do fio e das agulhas que precisa para confeccioná-la.

 

Não tem problema algum se as coisas acontecerem dessa forma. Mas atenção: pode ser que algumas vezes você queira muito trabalhar com um determinado fio e encontra uma peça linda, feita com outro fio. Será que você vai precisar desistir do seu trabalho? Claro que não!

 

Você pode substituir os fios, desde que se lembre de utilizar a agulha certa. Cada novelo traz a indicação de qual numeração utilizar.

 

Fique à vontade para fazer a busca em nosso site por técnica. É só pesquisar por tricô na seção de receitas e apaixonar-se por todas as possibilidades!

 

Confira algumas de nossas lindas receitas de tricô e aproveite para se inspirar!

 

Vamos colocar aqui opções fáceis, para quem está começando. Mas, se quiser se arriscar, tem até um cardigã lindo aqui esperando por você!

 

Cachecol Polar

cachecol polar círculo feito em tricô

Cachecol Classic Maxi

cachecol classic maxi círculo feito em tricô

Cardigã Amazônia

cardigã amazônia círculo em tricô

Coloque os pontos na agulha

 

Agora que você já sabe o que vai fazer e com o que vai fazer, chegou a hora de colocar a mão na massa.

 

Essa etapa de colocar os pontos na agulha pode parecer complicada, mas é bem mais simples do que parece! Para te ajudar, confira nesse vídeo aqui embaixo. Uma forma bem prática e visual de aprender de vez a iniciar suas peças em tricô, com a artesã do nosso Time, Marie Castro.

 

 

Uma dica importante nessa etapa é sempre deixar os pontos soltinhos na agulha. Quem está começando a aprender a técnica costuma ter a mão um pouco mais pesada e por isso acaba apertando demais os pontos. Pontos apertados geram bastante dificuldade na hora de trabalhar.

 

Para pontos soltinhos, utilize suas duas agulhas de tricô. Passe os pontos em torno delas e, no final, retire uma das agulhas.

 

Aprenda a fazer o ponto meia

 

Com o fio na agulha, chegou a hora de aprender o que fazer com ele, não é mesmo?

 

O ponto meia é um verdadeiro clássico! Ele faz parte de todos os trabalhos em tricô. Esse é o ponto que costuma aparecer do lado direito dos trabalhos. Fique craque nesse ponto com a artesã Marie Castro para conseguir trabalhar peças mais elaboradas!

 

Aprenda a fazer o ponto tricô

 

O ponto com o mesmo nome da técnica é conhecido por ser o ponto do lado avesso dos trabalhos em tricô. Quer aprender como fazer? Confira o passo a passo em um vídeo bem simples da artesã Marie Castro!

 

Passe os pontos de uma agulha para a outra

 

Tirar os pontos de uma agulha e passá-los para outra também é muito simples! É assim que você começa a dar forma à sua peça. Confira essa dica em vídeo da artesã Marie Castro!

 

 

É esse o momento em que você vai escolher se quer passar os pontos para a sua segunda agulha utilizando ponto meia ou ponto tricô. Assim que dominar os pontos meia e tricô, você pode brincar com combinações diferenciadas e trabalhar com os pontos-fantasia.

 

Faça a amostra

 

Agora que você já tem os produtos, a peça escolhida e colocou os pontos na agulha, chegou a hora de fazer uma amostra.

 

A amostra, muito presente nas receitas de tricô, é quase sempre ignorada. Alguns artesãos geralmente não veem muita importância nessa etapa de produção e acabam indo direto para a confecção da peça.

 

No entanto, a etapa da confecção da amostra é essencial e pode comprometer o resultado do seu trabalho se não for feita. Quer entender melhor? Então, confira o vídeo do artesão do nosso Time, Mateus Moraes, sobre a importância da amostra. Depois disso, você nunca mais vai deixá-la de lado!

 

Conheça os lados direito e avesso

 

No tricô fala-se muito sobre avesso e direito. Algumas orientações nas receitas falam sobre essas posições do trabalho. Mas, como saber qual é o lado da peça que você está trabalhando?

 

Isso também é bem fácil! Olha só:

 

Sempre que você coloca os pontos pela primeira vez na agulha para começar um trabalho, sobra um pedacinho de fio lá perto da base, né? Certo. É isso que vai te ajudar a entender em qual lado do trabalho você está.

 

Se esse fiozinho estiver do seu lado direito, significa que você está vendo o lado direito da peça. E se esse fio estiver do lado esquerdo, significa que você está vendo o avesso da peça.

 

Legal, né?

 

Pratique

 

Praticar é muito importante para desenvolver habilidades no tricô!

 

Muitas pessoas dizem que essa técnica é difícil, que não sabem como fazê-lo. Mas, na realidade, o que falta é um pouco de habilidade. Essa técnica é tão prazerosa quanto o crochê, mas precisa de treino.

 

Comece com peças simples, como um cachecol, por exemplo. Esse tipo de peça é muito útil, versátil e rápido de ser feito.

 

Depois que estiver bom nos pontos básicos e nas agulhas retas, arrisque-se a confeccionar alguma peça mais elaborada, utilizando as agulhas circulares.

 

Assista a passo a passos em vídeo quantas vezes forem necessárias e fique fera no tricô!

 

O importante tanto aqui, como em outros trabalhos artesanais, é treinar sempre e não desistir!

 

Passo bônus: não tenha medo de trabalhar com linhas escuras

 

Muitas pessoas, mesmo no crochê, temem trabalhar com fios muito volumosos e escuros, porque eles dificultam muito a visão dos pontos durante o trabalho. E quem precisa estar sempre contando pode se atrapalhar, perder as contas e acabar desistindo.

 

Se você optar por trabalhar com algum acrílico escuro – ou fio de algodão, coloque sobre a superfície na qual estiver trabalhando um material claro, pode até ser um pedaço de tecido.

 

Assim, você criará um contraste e poderá ver melhor os pontos de sua trama.

 

Onde encontrar nossos produtos para tricô?

 

Você encontra todos os nossos produtos para fazer tricô nos melhores armarinhos e em lojas on-line do Brasil!

 

Se não puder sair de casa devido a atual situação em que o mundo se encontra, verifique em sua cidade se há algum armarinho realizando o serviço de entrega de produtos, ou compre pela internet.

 

O importante é continuar exercitando suas mãos, criatividade e imaginação.

 

Lembre-se que nosso site e canal no YouTube têm várias receitas e passo a passos gratuitos para você aprimorar seus talentos no tricô.

 

Utilize a #

 

Assim que finalizar seus trabalhos em tricô, compartilhe com a gente nas redes sociais!

 

É só publicar suas fotos no Facebook ou no Instagram  com a #semprecirculo!

 

Qual dessas dicas você vai usar mais? Comente aqui embaixo!

 

Até a próxima!

Acesse agora

Organize e encontre de forma fácil todas as suas receitas favoritas

Primeiro acesso?

Ainda não tem uma conta no nosso site?
Digite seu email e crie uma agora mesmo.

Acesse sua conta

Perdeu a senha?

Preencha seus dados para finalizar o cadastro:

Quais assuntos você tem mais interesse?*





« Fazer login